Prefeitos discutem soluções conjuntas para enfrentar momento de crise

Os prefeitos que compõem o Conselho de Desenvolvimento da RMC (Região Metropolitana de Campinas) se reuniram nesta terça-feira, em reunião extraordinária convocada pelo presidente da entidade, Benjamim Bill Vieira de Souza, chefe do Poder Executivo de Nova Odessa, para discutir os impactos causados nos municípios pela paralisação dos caminhoneiros, que durou 11 dias e chegou ao final na última quarta-feira. Como ação conjunta, o Conselho de Desenvolvimento vai elaborar uma moção de apelo para que seja aprovada a Medida Provisória 382/2018, que cria a política de preços mínimos do transporte rodoviário de cargas.

O encontro foi realizado na sede da Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas) e serviu para que os prefeitos pudessem definir conjuntamente soluções que visam atender as demandas municipais diante do atual momento de dificuldades financeiras. Entre os assuntos, os prefeitos trataram sobre questões econômicas, orçamento na área da Saúde e sobre diálogos com os demais entes federativos.

 A situação orçamentária do Estado foi abordada com dados e indicadores econômicos e financeiros, apresentados e analisados pelo assessor da Secretaria de Estado de Planejamento, Maurício Hoffmann, inclusive sobre a questão do desemprego. De acordo com o Presidente do Conselho de Desenvolvimento e Prefeito de Nova Odessa – Benjamin Bill, “o objetivo da reunião é discutir de modo regional este momento de crise econômica, e que tem dificultado muito a administração dos municípios”.

Os prefeitos foram unânimes em afirmar a necessidade de integração da Região. Segundo o prefeito de Hortolândia, Angelo Perugini, “este é o momento de os prefeitos se unirem, pois não se pode mais administrar olhando exclusivamente para nosso município”. O prefeito de Morungaba, Marco Antonio de Oliveira, também reforçou essa visão. “Juntos, os municípios da Região Metropolitana têm uma grande força”, ressaltou.

As demandas na área da Saúde também foram destaque. Para o prefeito de Holambra, Fernando Fiori de Godoy, “a maior necessidade dos municípios é com relação ao custeio da área da Saúde, já que as administrações se responsabilizam por uma percentagem maior que o Governo do Estado e Governo Federal”.

Além dos prefeitos de Nova Odessa, Hortolândia, Holambra e Morungaba, participaram do encontro os chefes do Poder Executivo de Pedreira – Hamilton Bernardes, de Artur Nogueira – Ivan Vicensotti, os Vice-Prefeitos de Campinas – Henrique Magalhães Teixeira, de Valinhos – Laís Helena, de Cosmópolis – Silvio Luis Baccarin e representantes das cidades de Sumaré, Indaiatuba e Itatiba.

Category: Product #: Regular price:$ (Sale ends ) Available from: Condition: Good ! Order now!
Reviewed by on. Rating:

Autor: Revista Mais

Compartilhar